Blog

7 Dicas para extrair o máximo de eBooks como ferramenta de marketing

7 Dicas para extrair o máximo de eBooks como ferramenta de marketing


Quem conhece o mundo do Marketing Digital, já sabe como os eBooks fazem total diferença, tanto para captação de leads, como para demonstrar a autoridade da sua empresa.

Para te ajudar, trouxemos um post com 7 dicas que vão ajudar sua empresa a aproveitar melhor os eBooks:

1) Comece primeiro, depois pesquise!
De todas as dicas desse post, acho que essa foi a mais importante e só a prática nos ensinou. Um eBook permanece salvo no computador de quem baixou e pode ser relido e analisado em todas as suas minúcias. Isso assusta as empresas, que temem que erros possam manchar sua credibilidade.

O resultado são pesquisas e mais pesquisas antes de começar o eBook. O problema é que muitas vezes, ao pesquisar, damos voltas e mais voltas no mesmo lugar, a produção do conteúdo atrasa muito e grande parte do que é estudado acaba passando longe de ser utilizado.

Acredite, é muito mais fácil começar e depois ir pesquisando conforme as dúvidas forem chegando. Comece separando os tópicos, e depois vá preenchendo o conteúdo de tópico por tópico. Sobrará tempo para revisar o conteúdo e pesquisar se o que você escreveu apresenta falhas ou se há algo a mais que valha a pena acrescentar. Começar vai te tirar da inércia, empolgar e delimitar seu campo de estudo, focando somente no que vai ser utilizado.

Steven Pressfield, autor do ótimo livro Do the Work, fala muito sobre o conceito de resistência e uma das partes do livro faz bastante sentido aqui: “Comece antes de estar pronto. Não prepare. Lembre-se, nosso inimigo não é a falta de preparo, não é a dificuldade do projeto ou a situação do mercado ou o vazio na nossa conta bancaria. O inimigo é a resistência. O inimigo são as vozes na sua cabeça, as quais, se dermos a elas somente um nano segundo, vão começar a criar desculpas, álibis, autojustificativas transparentes e mais um milhão de razões pelas quais não podemos/não devemos/não faremos o que sabemos que temos que fazer”.

2) Escolha bem o título do eBook e trabalhe a Landing Page pensando em SEO
Um eBook tem boas chances de se tornar referência. E como esse tipo de material foge do tradicional e oferece um conteúdo muito mais denso e completo do que posts simples em blogs, por exemplo, também costuma receber mais links e compartilhamentos nas mídias sociais.

Isso tudo aumenta a chance de alcançar as primeiras posições no Google. Por isso, quando criar o título do eBook e a Landing Page para download, faça uma boa análise de palavras chave e escolha o que for relevante para o tema e para sua empresa.

3) Crie uma landing page para seu eBook, que tenha como único foco o download
Lembre-se que o foco do eBook é que ele seja baixado pelos seus possíveis clientes. Coloque o download em um post no blog ou qualquer outra página que tenha muitas distrações vai diminuir muito a taxa de conversão. As páginas para download devem ser mais cleans, para que a atenção não se disperse.

4) Se prepare para erros no PDF e teste diversas vezes
Caso sua empresa não utilize o conversor oficial da Adobe, há grandes chances de falhas no PDF.

São erros muito comuns os links não funcionarem e/ou as imagens ficarem borradas. Se isso não aconteceu, ainda não confie cegamente. Teste os diferentes sistemas operacionais. Pode haver diferenças entre Windows e Mac e é melhor que você perceba isso, não seu cliente.

Por isso, não deixe para converter o arquivo em cima da hora do lançamento.

5) Reaproveite o conteúdo em outros formatos
Sendo realistas, dificilmente sua empresa terá muitos mega fãs, aqueles que leem todos os posts por completo, seguem tudo no Twitter e Facebook, baixam eBooks e whitepapers e assistem todos os Webinars.

Não há problema em adaptar o conteúdo a outros formatos e reaproveitá-los. Um eBook pode ser quebrado e se transformar em vários posts no blog ou dicas no Twitter e Facebook. Os posts podem tornar-se capítulos de um eBook. Um conjunto de posts pode ser transformado em Webinar e assim por diante.

Sabemos que é difícil produzir conteúdo e quanto mais conseguirmos aproveitar daquilo que já foi feito, melhor.

6) Planeje a promoção
A promoção inicial do eBook é mais um fator chave no sucesso. Nosso primeiro passo ao lançar um novo eBook é a própria equipe compartilhar. Depois enviamos um e-mail para todos que já baixaram nossos materiais, que já nos conhecem e confiam e são mais propensos a compartilhar nosso conteúdo.

Dessa forma, não só a mensagem vai se espalhar para novas pessoas como também, quando essas pessoas chegarem na Landing Page, verão nos números de “tweets” e “curtidas” que muitas outras compartilharam o conteúdo, gerando prova social (“social proof”). Ou seja, muitas pessoas compartilhando e “aprovando” o material vai dar mais credibilidade e aumentar a chance de download.

7) Se sua empresa não tem uma base de e-mails, procure escrever posts como convidado em sites maiores ou mesmo comprar publicidade
É importante causar um impacto inicial para conseguir a mensagem se espalhar de forma mais viral.

Agora, que você já sabe como ter melhor rendimento do seu trabalho na produção dos eBooks, é colocar mãos à obra!