Blog

5 elementos do conteúdo de vendas que performa

5 elementos do conteúdo de vendas que performa


Um dos maiores desafios na hora de produzir conteúdo é não perder de vista a conversão. Afinal, resultado é o que move as empresas. No Marketing de Conteúdo, acompanhamos toda a jornada do consumidor, o que também envolve o estágio de decisão de compra. Mas, antes que você tenha uma impressão negativa, falar em escrita voltada para performance não significa produzir textos cheios de “clique aqui” e “compre agora”. Essa é uma versão simplificada dos tipos de gatilhos mentais a que podemos recorrer para engajar e motivar o cliente a agir. Veja, a seguir, alguns recursos de redação que facilitam a decisão do consumidor.

1. Aprovação coletiva
Os aplicativos de sucesso que surgem – como Uber, Airbnb e iFood – usam e abusam da opinião de clientes para dar mais confiança a outros consumidores que estão se decidindo. É natural que as pessoas confiem mais no que indivíduos como elas tem a dizer sobre produtos e serviços do que o que a própria empresa destaca sobre si.

Exemplos para aplicar:
• Depoimento de clientes;
• Opinião de influenciadores;
• Pesquisas de satisfação.

2. Segurança
A marca deve transmitir confiança e propriedade naquilo que faz. Evite palavras abertas, que incitam dúvidas, como quando você diz que uma empresa “em geral, tem bons resultados” ou “pode atender suas necessidades”. Se você tem expertise na área, passe essa segurança também no texto.

Exemplos para aplicar:
• Expressões afirmativas;
• Porcentagem de satisfação dos clientes;
• “Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta”.

3. Escassez e urgência
A exclusividade valoriza produtos e serviços. Algo que está sempre disponível vai ficando para depois e nem sempre o consumidor volta ao seu site para fechar a compra. Por isso, vale utilizar esses recursos que estimulam a conversão na hora. A percepção de que não se pode deixar a oportunidade passar tanto pela escassez quanto pela urgência estimulam o clique final.

Exemplos para aplicar:
• Número de unidades restantes em estoque;
• Benefícios para primeiros compradores;
• Contagem regressiva para final de oferta.

Comece a utilizar esses recursos nos seus textos voltados para conversão de clientes e mensure os resultados. Só o comparativo de antes e depois, como um teste AB, pode revelar se a linguagem é efetiva para o seu público. O mais importante, porém, é que a empresa entregue o que promete. Não adianta criar expectativa e decepcionar na entrega.

Se sua empresa ainda não produz conteúdo levando a jornada do consumidor em conta, entre em contato conosco clicando aqui.